MUSEU  DA  CALCULADORA

Home     Acervo     De Mesa     Portáteis     Réguas/Ábacos     Simuladores    Doações     Links    Contato


UM BREVE APANHADO DA HISTÓRIA DA CALCULADORA
(Sem a menor pretensão de ser um trabalho técnico)

Pedras
No início as pedras eram usadas para contar, antes mesmos de haver o conceito de números.
A palavra cálculo vem do latim “calcùlus” e significa “pedrinha”.


Ábacos primitivos

500 AC       ÁBACOS DE AREIA

300 AC       TÁBUA DE SALAMIS (GREGOS)

200 AC       CALCULI  (ROMANO)

100 AC       ÁBACO DE MÃO  (ROMANO)

1000 DC*     QUIPO (ASTECA) - Feito de vários fios e nós

* REUTER, 19/07/2005: Arqueólogos que trabalham em Caral, a mais antiga cidade das Américas (localizada no Peru), dizem ter encontrado quipos com quase 5.000 anos de idade.


Ábacos

1200 DC     SUAN-PAN  (CHINÊS) – duas contas em cima e cinco em baixo.

1600 DC     SCET  (RUSSO) dez contas em barras de deslizamento curvas.

1620 DC     SOROBAN (JAPONÊS) – uma conta em cima e cinco em baixo.

1930 DC     SOROBAN  (MODERNO) – uma conta em cima e quatro em baixo.


+/- 1500 - Leonardo Da Vinci

O brilhante Leonardo da Vinci desenvolveu um projeto de uma máquina constituída por várias engrenagens para fazer cálculos. Apesar de não ter construído tal mecanismo é a primeira informação que se tem sobre uma máquina de calcular.


1617 - John Napier

O matemático John Napier, inventor do logaritmo, desenvolveu um sistema de multiplicação utilizado “barrinhas” de madeiras, denomina “Bastões de Napier” ou “Bastões de Neper” (não há consenso na literatura quanto ao sobrenome correto desse matemático).


1623 - Wilhel Schickard

Wilhel Schickard criou na Alemanha um aparelho que somava e subtraia até 6 dígitos que era operado por manivela.


1638 - Régua de Cálculo

Criada em 1638 por William Oughtred, um sacerdote Inglês. Baseava-se na Tábua de Logaritmos criada por John Napier em 1614.


1642 - Pascal de Blaise

A primeira máquina destinada a fazer contas que se tem notícia que foi comercializada foi uma somadora feita pelo francês Pascal de Blaise, em 1642. Na época ele tinha apenas 21 anos de idade e sua intenção era diminuir o trabalho de seu pai, coletor de impostos, que passava muitas horas fazendo contas dos tributos recolhidos.

A máquina media aproximadamente 50 cm por 10 cm por 8 cm, era construída em metal, com 8 seletores movimentados por estilete.


1672 - Gottfried Wilhelm Von Leibniz

Baseado no principio da máquina de Pascal, Leibniz fabricou uma máquina de calcular capaz de fazer as quatro operações.


1727 - Jacob Leupold

Baseado no principio da máquina de Leibniz, Leupold idealizou uma máquina de calcular circular.


1820  - Charles Xavier Thomas de Colmar

A primeira máquina produzida em grande escala foi a de Thomas de Colmar em 1820, era uma somadora denominada de “Arithmometer” ou também a “Máquina de Thomas”, que foi baseada na máquina de Leibniz. Esse tipo de calculadora foi reproduzido por vários fabricantes até o final do século XIX, quando então se massificou a calculadora de cilindro de pinos inventada por Willgodt T. Odhner.


1822 - Charles Babbage

Charles Babbage desenvolveu uma complexa calculadora de engrenagem, que, segundo muitos, deu origem aos computadores.


1838 - Thomas Fowler

Em 1838, o inglês Thomas Fowler desenvolveu um sistema baseado nas tabelas de números binários e ternários para facilitar cálculos aritméticos. Mais tarde usou um princípio similar para construir uma calculadora ternária. Seu protótipo, que media 15 cm por 7,5 cm, feito em madeira, foi apresentado aos membros da sociedade real inglesa em maio 1840. Fowler faleceu alguns anos após, e a máquina nunca entrou na produção.


1875 - Frank Stephen Baldwin

O americano Frank Stephen Baldwin em 1875 patenteia uma calculadora com cilindro de pinos, nesse conceito os nove cilindros da calculadora de Leibniz, é substituído por um único com engates e pinos capazes de fazer as quatro operações de forma muito mais simples.


1878 - Willgodt T. Odhner

O sueco Willgodt T. Odhner patenteou o seu sistema de calculadora com cilindro de pinos em 1878, semelhante conceito utilizado pelo Baldwin. Esses dois projetos, apesar de muito parecidos, os dois modelos foram desenvolvidos separadamente.

A geração de máquinas de calcular mecânica que prosperou até o final de sua fabricação manteve o conceito original de Odhner e de Baldwin, com o mecanismo denominado de “cilindro de pinos”. Centenas de fabricantes utilizaram esse sistema até a década de 1970, quando elas deixaram de ser fabricadas, sendo substituídas pelas máquinas elétricas e eletrônicas.


1892 - Brunsviga

Em 1892, a firma de Grimme, Natalis & company A.G. adquiriu as patentes da máquina de Odhner, e comecçou a fabricar as máquinas da marca Brunsviga, que teve grande aceitação no mercado.


1889 - Felt

Em 1889 Felt inventa a primeira calculadora com impressão.


1913  - H.W. Egli (Madas)

Outra máquina baseada no Arithometer foi a Madas, capaz de fazer as quatro operações, foi produzida pelo H. W,. Egli em 1913, utilizando o mecanismo automático de divisão, patenteado em 1902, por Alexander Rechnitzer, da Checoslováquia.


1912 - Jay Randolph Monroe

Até 1912, Baldwin fez diversos modelos baseados em seu princípio, mas a primeira operação comercial bem sucedida aconteceu somente quando juntou esforços com o americano Jay Randolph Monroe adaptando um teclado cheio (full keyboard) e fundou, em 1912, a Monroe Calculating Machine Co. Em 1924 a Monroe lança as calculadoras eletromecânicas.


1947 - Curt Herzstark

A Curta é considerada a mais brilhante calculadora já inventada em todos os tempos, mecânica de reduzidas dimensões (do tamanho e formato de um copo normal) e mecanismo impecável.

O austríaco Curt Herzstark desenvolveu o projeto da Curta enquanto era prisioneiro do campo de concentração nazista de Buchenwald. Os líderes do campo sabiam de seu trabalho e o apoiavam, visando presentear Hitler, pela vitória no fim da guerra, com aquela invenção. Apesar de toda ajuda que teve para terminar o desenvolvimento da calculadora no campo de concentração, Curt teve o bom senso de não o concluir enquanto estava preso.

Curt foi libertado em abril de 1945 e em abril de 1947 começou a produção comercial que continuou até 1973, quando então não havia mais espaço para competir com as calculadoras eletrônicas.


Observação importante:

As datas aqui indicadas não são precisas, pois as fontes originais dessas informações (diversos sites) apresentam dados diferentes entre si, impossibilitando a apuração correta sem um estudo muito mais aprofundado.